Premio Latinoamericano de Jornalismo sobre Drogas 2013

Olá amigos,

O artigo “Especial Maconha: diálogos com a ciência”, escrito pelo integrante do Curare Lucas Maia e publicado em março deste ano na revista Mente e Cérebro, foi finalista de um concurso promovido pela Asociación Civil Intercambios da Argentina, o Premio Latinoamericano de Jornalismo sobre Drogas 2013.

Mais de cinquenta artigos concorreram ao premio, de variados países e gêneros jornalísticos, e seis foram finalistas. Os artigos ganhadores são três excelentes reportagens publicadas em jornais da Venezuela, Bolívia e Brasil.

Apesar da maior parte dos artigos ser em língua espanhola, o primeiríssimo lugar ficou para um brasileiro! Diego Queijo de Azevedo e equipe do Diário Popular (RS), que produziram uma reportagem interessantíssima sobre o trabalho dos redutores de danos que atendem usuários de drogas nas ruas de Pelotas.

Todos os artigos estão disponíveis no site do Premio.Vale a pena conferir!

Revista Mente e Cérebro - março, 2013

Revista Mente e Cérebro – março, 2013

Anúncios

O Comércio Informal de Drogas Vegetais Psicoativas: risco à saúde associado ao consumo!

Por: Julino Soares

Artigo científico alerta para o perigo de consumir produtos de origem vegetal sem as garantias de qualidade e segurança estabelecidas pelas agências sanitárias.

Imagem

O estudo teve como objetivo avaliar o risco associado ao consumo de drogas vegetais psicoativas (DVPs) (produtos de origem vegetal com ação no sistema nervoso central, utilizados com fins terapêuticos para acalmar, dar vigor etc.) comercializadas informalmente em Diadema, SP.

Leia Mais…

Consulta Pública ANVISA: normas de registro e cria a notificação para fitoterápicos

por Ana Cecília Bezerra Carvalho

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) publicou nesta quarta-feira (7/8), a Consulta Pública nº 34/2013, que atualiza as normas de registro e cria a notificação para fitoterápicos.

Imagem

As contribuições para as propostas de norma poderão ser feitas a partir do dia 14 de agosto, na área de Consulta Públicas do site da ANVISA, por meio do link.

A iniciativa atualiza as regras para o registro de medicamentos fitoterápicos e traz como principal novidade a criação do produto tradicional fitoterápico, que poderá comprovar sua efetividade e segurança por meio de relatos de uso tradicional e referências na literatura.

Leia Mais…

Mais pesquisadores se dedicam ao estudo de Plantas Medicinais e Fitoterápicos no Brasil

Por Antonio Carlos Siani

Foto: Fernanda Birollo

Nas instituições brasileiras, a quantidade de Grupos de Pesquisa (GP) que se dedicam ao estudo de plantas medicinais e fitoterápicos teve um significativo aumento na primeira década do século XXI, conforme indica o levantamento publicado na edição mais recente da Revista Virtual de Química (*). Com base em inventários realizados nos censos bianuais do CNPq, disponíveis em buscas no Diretório de Grupos de Pesquisa, este estudo apontou um significativo aumento na quantidade de GP e nas Linhas de Pesquisas (LP) dedicadas às investigações destes temas.

Leia Mais…

Veja como é fácil montar sua horta com materiais recicláveis

Por Daniel Garcia

Antes de descartar algum objeto de sua residência ou local de trabalho tente destiná-lo a outra função, por exemplo, como vaso ou suporte para plantas. Devido à grande quantidade de recipientes descartados diariamente e que poderiam ser reaproveitados para diversas finalidades, a prática de reciclagem passa a ser uma atitude comunitária e de bem com o meio ambiente.

Leia Mais…

A Medicina Tibetana no tratamento de transtornos mentais: correlações com a farmacologia ocidental

Por Raquel Luna

Em 1959, Sua Santidade O Dalai Lama (no Tibete é o líder religioso e, até 2011, político também), juntamente com cerca de 80.000 refugiados tibetanos, escaparam para a Índia em exílio político após a ocupação chinesa no Tibete. A partir de então, Dharamsala, uma cidade localizada no norte da Índia, sedia a Administração Central Tibetana. No exílio, os tibetanos buscaram manter as peculiaridades da sua cultura, incluindo sua medicina. Assim, o Men-Tsee-Khang (Tibetan Medical and Astrological Institute) é uma instituição de ensino e prática da medicina tibetana, que foi estabelecido em Dharamsala, na Índia, em 1961 pelo XIV Dalai Lama.

Leia Mais…

Sinal de Alerta: ácido aristolóquico (potente cancerígeno e nefrotoxina)

Por Julino Soares

Aristolochia elegans

Segundo alerta publicado pela agência americana de regulação sanitária, o Food and Drug Administration (FDA), foi aconselhado aos consumidores interromper imediatamente o uso de qualquer produto botânico que contenha o ácido aristolóquico. Estes produtos podem ser vendidos como “medicamentos tradicionais” ou como ingredientes de suplementos alimentares.

Leia Mais…

Curare no Congresso Internacional sobre Drogas 2013

Olá amigos,

Recentemente, foi realizado em Brasília (3 a 5 de maio) o Congresso Internacional sobre Drogas: Lei, Saúde e Sociedade. Na ocasião, foram discutidos diversos assuntos acerca do tema Drogas, e um dos focos principais foi a Cannabis (maconha).

Lucas Maia, integrante do Curare, participou do evento como debatedor na mesa-redonda “Propostas para a regulamentação da maconha”. Lucas falou sobre os estudos científicos sobre a Cannabis e as possíveis implicações que estes trabalhos podem fornecer para a elaboração de políticas públicas.

Confira abaixo o trecho da mesa-redonda com a participação do Curare!

Para assistir o vídeo na íntegra, clique aqui.

Saudações,
Coletivo Curare

%d blogueiros gostam disto: